Feminicídio: Sidrolandense é assassinada pelo marido em fazenda no município de Água Clara

A Polícia Civil prendeu e identificou Márcio Pires, de 31 anos, acusado de matar a esposa Márcia Lescano, de 41 anos.

04 JUN 201908h44
Expo  - Di Paullo e Paulino

A Polícia Civil prendeu e identificou na madrugada desta segunda-feira (03), Márcio Pires, de 31 anos, acusado de matar a própria esposa no município de Água Clara, ela é de Sidrolândia e foi identificada como Márcia Lescano, de 41 anos.

O crime ocorreu na casa do casal na Fazenda Esmeralda, que fica a cerca de 30 quilômetros do perímetro urbano de Água Clara.

O homem atirou na esposa com uma espingarda calibre 22. De acordo com informações, assim que cometeu o crime, Márcio teria demonstrado arrependimento e começou a falar que iria cometer suicídio, ele não se evadiu do local e permaneceu na residência até a chegada dos policiais. O pai de Márcio, ao perceber que o mesmo queria tirar sua própria vida, teria escondido todas as facas da cozinha, ele foi encontrado transtornado e em visível estado de embriaguez, Márcia era 10 anos mais velha que o autor.

Amigos e familiares de Márcia que moram em Sidrolândia se mostraram chocados com o crime através das redes sociais, onde expressaram indignação e luto.

O homem confessou o crime, foi preso em flagrante e será encaminhado para o presídio de Três Lagoas.

Luta contra o Feminicídio - No último sábado, foi realizado em Sidrolândia, uma caminhada para levar a mensagem contra o feminicídio, crime que vem crescendo a cada dia em todo o País. A ação foi realizada pela Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas para a Mulher, órgão vinculado à Secretaria de Governo e Desburocratização, para abrir a semana de combate ao Feminicídio no município de Sidrolândia.

Deixe seu Comentário

Leia Também