Suspeito de matar motorista de aplicativo segue foragido

A vítima trocou poucas palavras com casal, mas ao fazer perguntas à esposa o marido teria sentido ciúmes e cometido o crime

15 MAI 2019Por Enfoque MS09h40
Expo Naiara Azevedo

O suspeito de ter assassinado o motorista do aplicativo 99 Pop na noite de segunda-feira (13), foi identificado como Igor de Lima de Oliveira de 22 anos. Ele que já é foragido da polícia, teria ficado com ciúmes do motorista que durante a corrida trocou algumas poucas palavras com sua esposa.

Segundo o delegado do 5º DP (Distrito Policial), Ricardo Meirelles, a investigação apurou que Igor estava com a esposa, grávida de quatro semanas, na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim Leblon quando pediu a corrida pelo aplicativo para voltar para casa que fica no Condomínio Reinaldo Buzanelli, bairro Campo Nobre.

De acordo com os depoimentos da esposa e da mãe de Igor, ele estaria sentado no banco da frente e sua esposa no banco atrás. Durante o percurso, o motorista Rafael começou a conversar com o casal e perguntou sobre a tipoia que ela usava no braço. Ela então respondeu que havia sofrido acidente de trânsito. Em seguida, o motorista perguntou se foi de moto e, logo depois, se ela estava sozinha no momento do acidente.

Neste momento, a esposa contou que Igor fechou a cara e parou de conversar. Quando chegaram ao condomínio, ela ficou no carro para pagar a corrida de R$ 8, e Igor desceu do carro rumo ao apartamento que fica no térreo sem dizer nada.

Quando ela entrou no apartamento se assustou ao ver o marido voltando com uma arma, a principio achou que a mataria, mas então ele foi em direção ao motorista e efetuou os disparos.

A mãe de Igor conta que tentou impedir o filho, sem sucesso. O homicídio por motivo fútil chocou os policiais.

O suspeito deve responder por homicídio duplamente qualificado (motivo fútil e sem chance de defesa da vítima).

As testemunhas também alegaram que Igor tinha ciúme doentio da esposa com qualquer pessoa, inclusive mãe e sogra. Além disso, já havia agredido ela.

Igor César Lima está foragido desde o ano passado e cumpria pena por roubo a mão armada realizado em 2015. Quem tiver informações sobre o suspeito pode ligar anonimamente pelo telefone (67) 9 9987-9035 (GOI).

 

Deixe seu Comentário

Leia Também