Editorias

Após estradas, Triângulo recebe energia

Presidente da Associação voltou a registrar imagens e enviar à Rádio Pindorama Jota FM para mostrar ação e agradecer

13 JUL 2018Por Mauro Silva11h17

O Assentamento Triângulo, localizado no município de Sidrolândia, voltou a comemorar este mês, graças às ações que estão sendo realizadas e que eram aguardadas há tempos pelos proprietários dos 38 lotes.

Mara Miranda, presidente da Associação das Famílias de Produtores Rurais do Assentamento Triângulo, em Sidrolândia, registrou as imagens e anunciou que a Energisa, concessionária de energia elétrica no Mato Grosso do Sul, iniciou a instalação da rede elétrica na localidade nesta sexta-feira (13/07).

No início do mês, a comunidade recebeu frentes de serviço da Prefeitura de Sidrolândia, através da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra), que realizou a abertura das estradas.

Esta ação foi fundamental para os moradores e permitiu a segunda benfeitoria, que é a chegada da energia elétrica ao assentamento, já que com estradas, é possível à Energisa desenvolver os trabalhos.

- Agora com energia as famílias terão um pouco de conforto e condições de trabalhar, pois aqui o pessoal tem gado, aves e outras atividades que servem pra tirar o nosso sustento. Agradecemos à Energisa que está aqui realizando este sonho das 38 famílias – disse Mara, que no início do mês havia enviado agradecimentos e registrado imagens da abertura das estradas pela Prefeitura, e na ocasião, agradeceu ao prefeito Dr. Marcelo Ascoli e equipe da Seinfra.

Histórico do assentamento

Conforme o site da Agraer/MS, as 38 famílias receberam as escrituras dos lotes no dia 11 de setembro de 2016, com recursos do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF) pelo Banco do Brasil, e parceria do Governo do Estado com a União.

Cada família foi beneficiada com um lote de 6,57 hectares. O assentamento surgiu da divisão das terras da fazenda Triângulo, propriedade de 250 hectares adquirida por R$ 2,5 milhões.

Cada lote saiu por R$ 70 mil (R$ 10 mil o hectare), incluindo despesas de cartório e ITBI – (Imposto sobre a Transmissão Inter Vivos de Bens Imóveis). Após o prazo de três anos de carência, que está vigente, as famílias iniciarão o pagamento das 17 prestações anuais, cada uma em torno de R$ 3 mil, com juros de 2% e desconto de 20% para pagamento em dia.

O Assentamento Triângulo está a 5 quilômetros de distância da sede do Distrito do Quebra Coco.

Deixe seu Comentário

Leia Também