“Fazemos governo municipalista de verdade”, afirma governador

Investimentos continuam alimentando parceria com as 79 prefeituras de MS

05 MAI 2018Por Rádio Jota FM/Edson Moraes07h13

Ao inaugurar e autorizar obras que somam R$ 15,9 milhões em em Glória de Dourados e Fátima do Sul na sexta-feira, 4, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), como se estivesse desafiando quem não crê na vitalidade financeira e administrativa do Estado, proclamou: “Hoje Mato Grosso do Sul tem um governo municipalista de verdade”.

Azambuja disse que sua maratona pelo interior deve-se ao folego da estratégia de gestão em vigor. “Pagamos em dia servidores e fornecedores. Mas não nos limitamos a isso, enfrentamos a crise com investimentos, fazendo o Estado crescer e apoiando as prefeituras”, sublinhou. E completou dizendo que as obras estão nos 79 municípios porque o olhar do governo é amplo e atencioso.

Recebido pelo prefeito Aristeu Nantes em Glória de Dourados, além da autorização para a pavimentação de 12 ruas, com desembolso total de R$ 902 mil 400, Azambuja anunciou uma ponte de concreto sobre o Rio Pirajuí (R$ 1 milhão 150 mil) e visitou o Loteamento Altivo Bortoluzzi, no qual estão sendo aplicados R$ 2,4 milhões oriundos do Estado em parceria com os governos municipal e estadual.

Outros investimentos são a aquisição de uma van para transporte de pacientes da rede publica e a ação conjunta com o DNIT (Departamento de Infraestrutura Terrestre), órgão vinculado ao Ministério dos Transportes, para recuperar, sinalizar e revitalizar uma travessia viária e a confirmação de que o município está na lista de cidades que serão beneficiadas em maio com a entrega de 600 patrulhas mecanizadas, a maior ação do gênero na história de Mato Grosso do Sul.

Em Fátima do Sul, município administrado pela prefeita Ilda Salgado Machado (PSDB), o volume de investimentos chega a R$ 11,5 milhões. Ilda é mãe da deputada estadual Graziella Machado (PSD), que acompanhou a comitiva de Azambuja. Na parceria com a administração fatimassulense, o governo investe R$ 37 milhões em saneamento básico para implantar 27,4 milmetros de rede coletora de esgoto e 1.240 ligações domiciliares; R$ 5 milhões em recapeamento de ruas em seis bairros; R$ 1,5 milhão para asfaltamento do Jardim Brasilândia, cuja ordem de serviço foi dada, assim como o convênio para pavimentar vias nos bairros Botânico e Jardim Idalgo.

“Nosso Estado é diferente da maioria dos outros, que hoje não paga nem a folha. Nós fazemos o maior volume de investimentos em conjuntura de crise. Mato Grosso do Sul nunca teve um governo assim. Quando fui prefeito de Maracaju, durante oito anos só ganhei dois convênios e R$ 160 mil”, comparou Azambuja, ao reiterar a determinação de conservar o viés municipalista em sua gestão.

“A minha alegria é imensa quando chego para entregar e lançar obras, para fortalecer as amizades e as parcerias, enfim, para atender clamores da população e apelos de lideranças como as do prefeito Aristeu, do vice Fausto, dos vereadores, como o presidente da câmara, Miltinho, a deputada Grazielle. Isso é o que imorta, é resultado, é acreditar no potencial do Estado e das pessoas, porque gépara as pessoas que governamos”, enfatizou.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também