Giancarlo Miranda: "Ser policial é uma vocação"

Presidente falou sobre as atividades do Sindicato dos Policiais Civis do MS

15 ABR 2019Por Rede Jota FM/ Adriana Mantarro15h01

Giancarlo Corrêa Miranda presidente do Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis do Mato Grosso do Sul) foi o entrevistado desta segunda-feira (15) do programa “Ronda do MS”e falou sobre as reivindicações da entidade.

 

 

O Sindicato dos Policiais Civis do Mato Grosso do Sul (Sinpol MS) tem as necessidades da categoria defendidas pelo seu atual presidente Giancarlo Corrêa Miranda, advogado especialista em gestão pública e ex-escrivão:

“Representamos 2000 associados no estado e pleiteamos condições de trabalho adequadas para a execução da nossa função: salários condizentes, estrutura física, armamentos, reciclagens”, pondera.

Com uma pendência do governo estadual para a homologação da promoção de policiais civis, Giancarlo Corrêa Miranda conta que, há quase um ano, 700 profissionais aguardam a publicação da lei:

“O processo foi iniciado em 2018 e ainda não há previsão da publicação das promoções, que estão previstas dentro da lei dos policias civis. Falta o governador cumprir essa promessa eleitoral e não concordamos com esse atraso”, informa.

Giancarlo relata que, apesar das condições difíceis em alguns municípios para a realização do trabalho, os números positivos na elucidação de crimes nas fronteiras e também dos casos de feminicídio comprovam a dedicação dos profissionais:

“Somos policiais durante 24h, mesmo durante os momentos de folga, por que nos sentimos responsáveis para colaborar no atendimento de qualquer emergência. Colocamos nossa vida em risco para a segurança da população. Ser policial é uma vocação”, finaliza.

 

.

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também