Ministério do Trabalho será extinto, afirma Onyx

A pasta será dissolvida em outras três diferentes.

04 DEZ 2018Por Elda Braga-internet03h00

Ministério do Trabalho será extinto no governo de Jair Bolsonaro (PSL). O anúncio foi feio nesta segunda-feira (03) pelo coordenador da transição e futuro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, durante entrevista para a 'Rádio Gaúcha'.

Ao ser questionado se a pasta deixará de existir, ele confirmou a informação e explicou que as "funções" do Trabalho serão divididas entre três ministérios: Justiça, Cidadania e Economia.

“O atual Ministério do Trabalho, como é conhecido, ele ficará uma parte no ministério do doutor Moro [Justiça], outra parte com Osmar Terra [Cidadania] e outra parte com Paulo Guedes [Economia]”, disse.

De acordo com Onyx, o ministério da Justiça cuidará da concessão de cartas sindicais e possivelmente da fiscalização do trabalho escravo. A estrutura responsável por empregos será a de Paulo Guedes, na Economia. E outra parte vai para a Cidadania.

Deixe seu Comentário

Leia Também