Seminário Internacional sobre competências socioemocionais é realizado em MS

06 NOV 2019Por pmyafusso17h34

Campo Grande (MS) – A Secretaria de Estado de Educação (SED), em parceria com o Instituto Ayrton Senna, realizou nesta quarta-feira (6.11), o Seminário Internacional: Competências Socioemocionais e Educação Integral, no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, no Parque dos Poderes, em Campo Grande, com participação de mais de mil gestores escolares e docentes.

Além de apresentações culturais, como o projeto “Crianceiras”, o evento contou com palestrantes internacionais e abordou diversas questões relacionadas ao aprendizado e ao desenvolvimento das competências socioemocionais de gestores, professores e estudantes.

No período da manhã, os participantes acompanharam as apresentações dos palestrantes Oliver P. John (Califórnia/EUA) e Filip de Fruyt (Ghent/Bélgica). À tarde, a fala ocorreu com professor Ricardo Primi, da Universidade São Francisco (USF), de Campinas/SP. Durante as apresentações, os presentes puderam enviar dúvidas via aplicativo de mensagens instantâneas direto para a equipe de cerimonial do evento, para leitura e resposta dos palestrantes.

Na abertura, a secretária de Estado de Educação, Cecilia Motta, mencionou a importância da discussão da competência socioemocional: “Desde 2017 estamos trabalhando, em regime de colaboração com os municípios, para elaboração do currículo de referência de MS, através da Base Nacional Comum Curricular, as 10 competências estão recheadas de abordagens socioemocionais”.

Secretária Cecilia enfatizou o apoio do instituto Ayrton Senna na construção das diretrizes curriculares. “O Instituto está nos auxiliando na capacitação dos professor e toda comunidade escolar, principalmente no tocante as competências, não apenas cognitivas, mas socioemocionais, afinal, trabalhamos com estudantes, seres humanos e o desafio é retirá-lo do isolamento e conviver em sociedade”, menciona Cecilia Motta.

O diretor de desenvolvimento global do Instituto Ayrton Senna, Emilio Murano, definiu a parceria do Instituto com Mato Grosso do Sul em uma palavra: Resiliência. “A secretária Cecília foi resiliente, mesmo com a negativa da parceria ela insistiu, mandava áudios, provocava outras pessoas, enfim, mesmo com situação adversa, superou obstáculos, e hoje realizamos uma parceria na construção do currículo de referência de MS”, afirmou.

O diretor Emilio mencionou ainda que o Estado de MS, através do Governador e da equipe da Secretaria de Educação, estão de parabéns pelo pioneirismo, “pela visão estratégica e posicionamento, ao tratar o assunto como emergencial e em regime de colaboração com os municípios, promover articulação para transformar uma única escola pública brasileira, independemente de ser estadual ou municipal, de olhar para o ser humano e trazer o que é necessário para auxiliar o professor nesta transformação com intencionalidade, empatia, abertura ao novo e criatividade, acreditando na mudança da educação brasileira”, menciona Emílio Murano

O secretário de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, no ato representando o governador Reinaldo Azambuja, falou da importância da gestão de políticas públicas na educação. “É inspirador ver auditório com mais de 1000 educadores engajados, é um sentimento de esperança no futuro educacional, poder ver uma proposta moderna, atual, de vanguarda, com desejo de crescer, desenvolver e transformar a educação de nosso MS e do Brasil. Importante destacar o apoio do Instituto Ayrton Senna na implantação do nosso Currículo de Referência, que está sendo construído com persistência, entusiasmo, diretrizes e convicção na transformação educacional de nossos estudantes”, afirmou Riedel.

Secretário Eduardo Riedel relatou ainda a responsabilidade da pasta. “O futuro destes estudantes está em nossas mãos, portanto, temos que ser muito responsável com nossas atitudes, com empenho e clareza dos propósitos, a pasta da Educação está de parabéns. O governo tem uma meta ousada, terminar mandato com todas escolas da Rede Estadual reformadas; estrutura é importante, mas o mais importante é a meta ousada de inserir todo sistema da REE em um processo de educação integral, onde possamos aplicar a referência curricular de MS, para isso inauguramos centro de formação dos professores, e tenho convicção que sairemos desse processo em outro patamar, deixando um legado à educação do nosso querido Mato Grosso do Sul”, finaliza Eduardo Riedel.

Participaram do Seminário, o secretário adjunto de Estado de Educação, Edio Castro, presidente da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul), Pedro Caravina, superintendentes estaduais de educação, secretários municipais de educação, diretores e coordenadores da rede pública de educação de Mato Grosso do Sul.

 

Texto: Adersino Junior – Secretaria de Educação de Mato Grosso do Sul (SED)

Fotos: Divulgação

Deixe seu Comentário

Leia Também