Sidrolândia - MS

Prefeitura vai em busca de R$ 11 milhões em Brasília para asfalto e drenagem

A solicitação já está no Ministério das Cidades, e projeto com ruas que administração quer contemplar será enviado

14 SET 2018Por Mauro Silva16h14

Investimento em pavimentação asfáltica, drenagem e recapeamento é uma das prioridades da gestão 2017/2020 para Sidrolândia. O alto volume de recursos que a ação exige é o fator que dificulta gestores municipais a executarem os planos.

O Dr. Marcelo Ascoli, prefeito de Sidrolândia, ao lado da equipe administrativa e técnica, trabalha para que o Poder Executivo obtenha êxito na atração de recursos federais e estaduais, ao mesmo tempo em que mantém planejamento financeiro dos cofres municipais, para que as obras de infraestrutura urbana atendam à enorme demanda pelos bairros.

Com base nesta meta, a gestão protocolou junto ao Governo Federal, a proposta para habilitar Sidrolândia ao Programa Avançar Cidades – Mobilidade Urbana, que destina aos municípios que preenchem requisitos para financiamento, recursos para esta finalidade.

A Municipalidade preencheu os requisitos e teve o cadastro pré-aprovado pelo Ministério das Cidades, com uma capacidade de captação de aproximadamente R$ 11 milhões.

A liberação total ou de parte desta verba, porém – conforme a regra do Avançar Cidades – ainda depende da aprovação do projeto executivo que a Prefeitura enviará para a Caixa Econômica Federal (CEF).

O Ministério das Cidades avalia capacidade de endividamento e requisitos dos Municípios pretendentes, e pré-aprova aqueles que se enquadram. Mas é a CEF quem aprova – total ou parcial – ou reprova o repasse financeiro aos municípios pré-habilitados.

Projeto executivo em execução

Acreditando na possibilidade desta aprovação do cadastro por parte da instituição financeira para ter todo o recurso, ou parte dele, a gestão 2017/2020, a pedido do prefeito, acelerou os trabalhos técnicos, e o Departamento de Planejamento iniciou nesta semana os levantamentos topográficos e sondagem para a apresentação dos projetos de pavimentação asfáltica e drenagem.

Posterior a esta etapa, será elaborado o projeto executivo que então será encaminhado à CEF.

Ruas inseridas no projeto

- Oscar Pereira de Brito, Soishy Arakaki, General Pinho, Dr. Costa Marques, Dr. Manuel Murtinho, Diogo Cunha, Adriano Ximenes, Ponta Porã (entre Rio Grande do Norte e Romano Rossato)

- Romano Rossato entre Vitor Barbosa e Liberalina Ferreira

- Rio de Janeiro entre Vitor Barbosa e Liberalina Ferreira

- Sebastião Lopes Ferreira entre Rio de Janeiro e Romano Rossato

- Rua Vitor Barbosa entre Rio de Janeiro e Romano Rossato

- Alberto Hortenci entre Rio de Janeiro e Romano Rossato

- Odilon Rosa Nantes entre Rio de Janeiro e Romano Rossato

- Ítalo Dal Paz entre Odilon Rosa Nantes e Liberalina Ferreira

- Joaquim Antônio entre Rio de Janeiro e Romano Rossato

- Thomaz Cáceres entre Generoso Ponce e Aires Arce

- Adelina Ferreira Barbosa e Antônio Ferreira de Almeida entre Diogo Cunha e Joaquim dos Santos

- Presidente Vargas e João Márcio Ferreira Terra entre Diogo Cunha e Nélio Paim

- Nélio Paim entre Presidente Vargas e João Márcio Ferreira Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também