Sidrolândia - MS

UPA completa dois anos de funcionamento com a marca de 257,5 mil procedimentos

No período a Prefeitura já investiu mais de R$ 5 milhões do volume total de R$ 8,6 milhões aplicados

05 JUN 2019Por Mauro Silva08h51

Inaugurada no dia 5 de junho de 2017, a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) – 24 Horas “Vanessa Benites do Nascimento Nogueira” localizada à Rua Ponta Porã esquina com a Avenida Antero Lemes da Silva, em Sidrolândia, está completando nesta quarta-feira (05/06), dois anos de pleno funcionamento.

Neste período foi alcançada a marca de 257.511 mil procedimentos (atendimentos por clínico geral, pediatra, ortopedista, pequenas cirurgias, Raio X e pela enfermagem). A Gestão 2017/2020 da Prefeitura de Sidrolândia já investiu em recursos próprios ao longo deste tempo mais de R$ 5 milhões.

A coragem do prefeito Dr. Marcelo Ascoli, apoiado pela equipe administrativa, foi preponderante para abrir as portas da UPA em Sidrolândia, com a finalidade de melhorar a estrutura de atendimento à população, 24 horas com serviços de urgência e emergência.

Cb image default
Prefeitura investe mais de 60% do total de R$ 8,66 milhões empregados até agora na unidade 

 

Crise financeira não desanimou Gestão

Com recursos cada vez mais escassos, a União, Estados e Municípios enfrentam sérias dificuldades para oferecer serviços públicos de qualidade à população. A crise financeira, inclusive, forçou o fechamento de UPAs em várias cidades brasileiras, enquanto que mais de 150 sequer foram inauguradas, apesar de prontas e equipadas. O desafio colocado às prefeituras é manter a estrutura, que consome altas quantias de recursos, embora sua importância para a sociedade.

Sabedor deste entrave, o Dr. Marcelo ainda foi aconselhado por lideranças políticas a não abrir a UPA, preocupados que estavam com o momento econômico do País e com as dificuldades que a UPA poderia impor às finanças de uma Gestão que estava se iniciando em Sidrolândia.

Mesmo com as prudentes recomendações e ciente do volume de dispêndio necessário para a manutenção da unidade, o prefeito tomou a decisão de inaugurar a UPA, e assim Sidrolândia passou a ter um reforço de peso à estrutura de Saúde Pública.

Aliado às dificuldades já listadas, outro problema surgiu para a Gestão 2017/2020 da Prefeitura, que foi a obrigatoriedade de fazer algumas obras para adequações estruturais no prédio para atender às normas do Ministério da Saúde. Aí, mais um aporte financeiro inesperado. A obra, porém, foi realizada, e o prédio 

Deixe seu Comentário

Leia Também