Taxista é assaltado e espancado por trio; família de criminosos foram presos

31 DEZ 2019Por Redação11h09

Roubo praticado por família na noite de segunda-feira (30) terminou com mãe, filho e sobrinho presos em Dourados. O trio contratou um taxista no centro da cidade para fazer corrida até o Loteamento Bonanza, onde anunciou assalto, agrediu a vítima e fugiu com o carro. Mas a fuga foi interrompida por problemas mecânicos e a polícia chegou.

Morador no Jardim Água Boa, o taxista de 40 anos relatou ter sido contratado no ponto em que atua, na área central. por dois homens e uma mulher. Pouco antes das 21h, os passageiros chegaram e deram como destino para corrida o Loteamento Bonanza, mas no bairro anunciaram o assalto.

A vítima tentou reagir e foi agredida pelos assaltantes, que fugiram com o veículo, um Chevrolet Cobalt. Horas depois, contudo, a Polícia Militar foi informada que um carro com as mesmas descrições do levado em assalto estava parado no cruzamento das ruas Aral Moreira e João José de Souza, em Itaporã, município vizinho distante pouco mais de 17 quilômetros de Dourados.

Na abordagem, os policiais prenderam Antônio S. M. P., de 23 anos, a mãe dele, Nanda C. M., de 48 anos, ambos residentes no Jardim Rasslem, e José A. R. de A., de 22 anos, morador na Sitioca Campina Verde, sobrinho da mulher.

A família foi presa porque houve problemas no motor do carro roubado. Levados para delegacia nessa véspera de Ano Novo, foram autuados em flagrante pelo roubo. Com eles havia uma faca.

A revolta dos motoristas era grande pois vários casos de assalto foram registrados este anos na cidade. Sendo que em Caarapó um taxista foi vítima de latrocínio e teve o corpo parcialmente queimado por assaltantes que depois acabaram presos pela polícia.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também