Homem captura peixe de 60 quilos e 1,70 metro em rio de MS: 'O maior da minha vida'

Odacil Barbosa estava em um barco acompanhado de amigos quando fisgou o peixe da espécie pintado, no rio Brilhantão, em Deodápolis.

14 SET 2020Por G107h38

O contador Odacil Barbosa Júnior, de 39 anos, capturou um peixe de 60 quilos e de 1,70 metro de comprimento no rio Brilhantão, no distrito de Ipezau, em Deodápolis, região sul de Mato Grosso do Sul.

Segundo ele, o peixe, que é da espécie pintado, é o maior que já fisgou até hoje. Em um vídeo divulgado nesta sexta-feira (11), ele mostra o momento da soltura do peixe.
 

Conforme Odacil, a pescaria que aconteceu no último sábado (5), ele conta que estava em um barco acompanhado de amigos e após o momento que fisgou o pintado, demorou cerca de 40 minutos pra retirá-lo da água.

"É o maior peixe que já peguei até hoje. Quando notei o tamanho, fiquei assustado, mas feliz ao mesmo tempo. Fizemos a medição e as fotos e na sequência já o devolvemos para o rio", explicou .

De acordo com o contador, seus avós que foram pescadores, ele conta que a paixão pela pesca é de família e que surgiu desde a infância. Odacil ainda reforça a importância de pescar e soltar os peixes, principalmente para quem gosta do esporte seja ele profissional ou por apenas robe:

"Espero sempre encontrar peixes como esse aqui e em outros rios do nosso estado. A sensação de pescar um animal como esse é indescritível", finaliza.

Peixe grande

Em junho deste ano, a dentista Nicele Furtado de Freitas, de 37 anos, capturou um peixe de 80 quilos e de 1,73 metro de comprimento no rio Jauru, em Alcinópolis, região norte de Mato Grosso do Sul.

Segundo ela, o peixe, que é da espécie jaú, é o maior que já fisgou até hoje. Em um vídeo gravado por amigos que a acompanhavam, é possível ver o momento em que Nicele já estava fora do barco e às margens do rio tentando retirar o peixe da água.

Nicele ainda relembra que o último peixe, de grande porte capturado por ela, foi no ano passado, mas com 10 quilos a menos do que esse:

'Foi algo indescritível. Esse peixe é bem maior e vinte quilos mais pesado que eu' , relembra.

Nicele conta que após notar que tinha fisgado o peixe, os três pararam o barco e ficaram em uma área de "prainha" às margens do rio para retirar o animal e ficou surpresa com o tamanho do jaú.

A dentista, que desde os 8 anos de idade pesca com a família, afirma que pegar um peixe deste porte é uma sensação única. Ela registrou o momento com o jaú e em seguida o soltou: "É algo indescritível e só quem pesca sabe do que estou falando", finaliza.

Deixe seu Comentário

Leia Também