Aplicativo da Justiça Eleitoral vai permitir que eleitor justifique ausência nas Eleições 2020

Recurso vai estar disponível por meio do e-Título

25 OUT 2020Por Redação Jota FM, com informações Justiça Eleitoral08h02

Já estão disponíveis para os sistemas operacionais Android e iOS, a nova versão do aplicativo e-Título, desenvolvido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O aplicativo também pode ser baixado basta procurá-lo Além da loja de aplicativos Android ou iOS, o aplicativo também pode ser baixado no hotsite do título de eleitor no Portal do tribunal eleitoral.

Entre as novas funcionalidades do app, está a possibilidade de justificar a ausência nas votações de 15 de novembro (1º turno) e 29 de novembro (2º turno), até 60 dias após cada pleito, por meio dos celulares e tablets.

Eleitores podem por apresentar como justificativas para o não comparecimento, o fato de não estarem no domicílio eleitoral ou de estarem impedidos de ir à zona eleitoral no dia da votação.

O e-Título, também permite ao cidadão gerar certidões de quitação eleitoral e de nada consta de crimes eleitorais, além de fazer a autenticação de documentos da Justiça Eleitoral.

 

Justificativa obrigatória
 

Nas eleições de 2018, 29,9 milhões de pessoas no primeiro turno e 31,3 milhões de pessoas no segundo turno deixaram de votar. Quem até hoje não justificou deve emitir o boleto para quitação de multas nos sites do TSE ou dos tribunais regionais eleitorais. A justificativa é obrigatória. O pagamento deve ser feito pela Guia de Recolhimento da União (GRU) no Banco do Brasil. Identificado o pagamento da multa o registro na inscrição é normalizado junto à zona eleitoral. As informações estarão disponíveis pelo e-Título.

 

O TSE orienta que em caso de urgência para a regularização da situação eleitoral, o cidadão deve entrar em contato com a zona eleitoral onde está inscrito para orientações sobre a baixa da multa no sistema.

 

Conforme a Justiça Eleitoral, o cidadão que não votar por três pleitos, nem justificar ausência, nem pagar as multas devidas terá o título cancelado.

Deixe seu Comentário

Leia Também