Consórcio Brasil Central concretiza compra compartilhada de medicamentos

29 NOV 2019Por kfernandes16h30

Campo Grande (MS) – Na última reunião do ano de 2019, em São Luiz do Maranhão, os governadores e secretários de Estados integrantes do Consórcio Brasil Central publicaram  o edital de licitação para a compra compartilhada de medicamentos.

Esta nova modalidade de compra deve reduzir os custos para o Estado. A licitação conta com subsídios de R$ 170 milhões, recursos dos sete estados integrantes, conforme explicou o governador Reinaldo Azambuja.

O pregão para a compra dos medicamentos acontece no dia 11 de dezembro, na modalidade menor valor por item, visando formar o Sistema de Registro de Preços. A expectativa do Governo é que a primeira aquisição de remédios neste modelo de licitação chegue em Mato Grosso do Sul já na segunda quinzena de janeiro de 2020. A contrapartida sul-mato-grossense para o pregão é de R$ 25 milhões.  

O secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, adiantou que a compra envolve 103 medicamentos de alta complexidade.

Também na pauta dos governadores projetos para estimular o setor turístico desta região, logística e infraestrutura, e por fim a escolha do novo presidente do grupo. Para 2020, a missão ficou para Mauro Mendes, governador de Mato Grosso.

 

Katiuscia Fernandes – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

 

Deixe seu Comentário

Leia Também