Coronel David enaltece judiciário, MPE e Polícia Civil pela prisão do autor de feminicídio

Moções de congratulação destacam atuação incisiva do Ministério Público e da Polícia Civil na prisão de acusado

15 MAI 2024Por Thiago Gonçalves11h30

O deputado estadual Coronel David (PL) apresentou três moções de congratulação nesta terça-feira (12), durante a sessão da Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul). A primeira foi direcionada ao juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, Aluízio Pereira dos Santos, por atender ao pedido do MPE-MS (Ministério Público Estadual) ao determinar o retorno à prisão de Williames Monteiro dos Santos, acusado do assassinato de sua esposa, Andressa Fernandes, ocorrido em abril deste ano no Bairro Nova Campo Grande, na Capital.

A promotora de Justiça do estado, Luciana do Amaral Rabelo, também foi reconhecida pelo parlamentar por sua atuação incisiva, ao interpor recurso contra a decisão do juiz plantonista que havia concedido liberdade a Williames Monteiro dos Santos durante audiência de custódia.

"A decisão da promotora resultou na revisão da decisão anterior e na ordem de prisão do acusado, garantindo assim a continuidade do processo judicial", explicou o deputado.

Coronel David prestou homenagem à Polícia Civil do estado e aos policiais da DEAM (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) pelo rápido cumprimento da ordem judicial. Em resposta ao recurso interposto pelo MPE-MS, garantiram a prisão imediata do acusado pelo feminicídio.

"Essa ação ágil resultou na prisão do acusado e na aplicação da lei em um caso de extrema gravidade", destacou o deputado em reconhecimento ao trabalho e ao comprometimento dos agentes da Polícia Civil e da DEAM com a justiça.

O deputado ressaltou a importância da colaboração entre as instituições responsáveis pela aplicação da justiça e pela segurança pública na proteção dos cidadãos e na punição dos responsáveis por crimes hediondos, como o homicídio de Andressa Fernandes.

"Exigimos uma ação por parte do poder público e ela se concretizou com a prisão deste assassino, que espero permanecer detido até o dia de seu julgamento e durante o cumprimento de sua pena", concluiu Coronel David.

Deixe seu Comentário

Leia Também