Entrevista o delegado Cubas esclarece elucidação de furtos e abates de bovinos em Caarapó

Foram detidos cinco meliantes por abigeato

03 FEV 2021Por Wander Ferreira 18h11

O delegado Erasmo Bruno de Mello Cubas, foi entrevistado pela equipe de jornalismo da Jota FM, com Régis Ferreira e Wander Ferreira para esclarecimentos da onda de furtos/abate de bovinos na extensão rural de Caarapó.

Aos comunicadores doutor Cubas, disse que os primeiros registros aconteceram no início do mês de dezembro de 2020, sendo frequente até o final do mês de janeiro deste ano, quando a equipe do SIG – Setor de Investigações Gerais - em diligências foi montando as peças essenciais para encontrar os meliantes, a partir do dia 28 de janeiro, e na última segunda e terça-feira (01 e 02 de fevereiro) foram localizadas 5 pessoas, que estão à disposição da justiça e outra pessoa que havia comprado carne supostamente irregular advinda do furto.

O delegado disse que na última semana em um ato abigeato (furto/abate de bovino) foi possível identificar um dos meliantes, que pode revelar o descaminho e outros autores envolvidos no furto

Nas diligências estão sendo apontados dois grupos em atuação, no relato dos autores, e com isso sendo bem maior o número de pessoas nos furtos, com inclusão de maior parte por indígenas. Um dos grupos aproveitava todo animal abatido e para uso pessoal, e outro para comercialização.

O delegado Cubas, destacou a conversa bem adiantada com pecuaristas e demais pessoas ligadas ao agronegócio, como também o  Governo Municipal, setores da policia Militar e Civil,  e com o Conselho de Segurança para implantação de uma guardição paralela com agentes policiais militares e civis em dias de folga para ampliação de atendimento na área rural, distritos e aldeia em Caarapó, com recursos financeiros adicionais junto à sociedade e Conselho de Segurança.      

Com efetivos quanto da PC e PM é impossível a exatidão de atendimento em tempo hábil em todo território de Caarapó, sendo necessário a participação de todos.

Deixe seu Comentário

Leia Também