Após esfaqueamento, acusada é ameaçada com tiros em direção de casa no Alto da Figueira

27 DEZ 2016Por Redação09h28

Edilaine Cristina Frutuoso de Lima (25), relata em ocorrência que após ter sido liberada da Delegacia de Polícia retornou para casa e estava com seus filhos quando foi ameaçada de morte por Julialdo Rosa Valhovera (32).

O acusado é esposo de Tânia Rodrigues, que foi esfaqueada por Edilaine horas antes. Edilaine conta que Julialdo parou em frente sua casa em um VW Gol de cor preta e disparou duas vezes na direção de sua casa, fugindo após a ação.

Os vizinhos após ouvirem os disparos foram até a casa da vítima para prestar ajuda, mas felizmente ninguém se feriu. Edilaine tem ainda três filhos que moram com a mesma.

Edilaine possui diversos registros de ocorrência por desacato, tentativa de homicídio, problemas com vizinhos e uma tentativa de esfaqueamento contra o cônjuge.

Até o fechamento desta matéria, o autor dos disparos não havia sido localizado.

Deixe seu Comentário

Leia Também