Com aumento no número de atendimentos, Hospital de Sidrolândia pede ajuda emergencial do governo

03 MAI 2021Por Paulo Fernandes14h45

Com a pandemia e o aumento do número de pacientes, o hospital de Sidrolândia está precisando de mais recursos. Para resolver o problema, o governador Reinaldo Azambuja recebeu o presidente do Hospital Beneficente Dona Elmiria Silverio Barbosa, Jacob Meeuwis Breure, nesta segunda-feira (3), e assumiu o compromisso de avaliar uma maneira de auxiliar a unidade.

“Custos de medicamentos, equipamentos e salário dos médicos aumentaram com a pandemia e a prefeitura tem atrasado os repasses. Viemos pedir essa ajuda porque atendemos toda a população de Sidrolândia e precisamos de uma verba extra, diante dessa situação. Tenho certeza de que o Governo do Estado vai nos ajudar”, contou Jacob.

Ainda conforme ele, o hospital de média complexidade já não consegue atender todos os pacientes da cidade de 59 mil habitantes (IBGE 2020). Com isso, parturientes e as vítimas de traumas precisam ser levadas para Campo Grande - a 72 quilômetros de distância. 

Jacob explicou ainda que o hospital tem sofrido ainda com falta de oxigênio, remédios e médicos e que a situação só poderá ser solucionada com uma regularização dos repasses pelo município e com um repasse emergencial.

A reunião contou com a presença do secretário Sérgio de Paula (Casa Civil), com o ex-deputado Enelvo Felini e com outras lideranças.

Paulo Fernandes, Subcom

Fotos: Chico Ribeiro

Deixe seu Comentário

Leia Também