Segundo lote de restituição do imposto de renda pagará mais de R$ 90 milhões em MS

Mais de 45 mil contribuintes serão contemplados neste lote; pagamento será dia 30

22 JUN 2020Por Wander Ferreira14h29

Segundo lote de restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2020 contempla 48.476 contribuintes em Mato Grosso do Sul, totalizando o valor de R$ 90.961.378,20. Consulta ao lote foi liberada nesta terça-feira (23).

Pagamento será realizado no dia 30 de junho, mesma data do prazo final para a entrega das declarações.  

Neste ano, o cronograma de restituições foi antecipado para maio e a quantidade de lotes, reduzida de sete para cinco. O pagamento do primeiro lote foi realizado em 29 de maio e o  último lote tem pagamento previsto para 30 de setembro.  

No ano passado, as restituições começaram no dia 17 de junho e se estenderam até 16 de dezembro.

Em todo o Brasil, o crédito bancário para 3.306.644 contribuintes terá valor de R$ 5,7 bilhões, maior valor para um lote de restituição em todos os tempos.

COMO CONSULTAR

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita Federal na Internet. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.  

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF. Com ele será possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Deixe seu Comentário

Leia Também